segunda-feira, 16 de abril de 2012

"Eureka"

Segundo Flávio Gikovate, talvez o caminho para o processo mais comum da criatividade seja transformar o que existe em algo que não existe, mas que passará a existir. Toda a inovação real foi antes idéia na cabeça de quem a gerou, e que não veio do nada, surgiu a partir de fatos anteriores que foram o estopim do processo de reflexão e de transformação. Assim se criam novos objetos e novas idéias, que geralmente são evoluções de velhas idéias. O processo de criação esbarra sempre num momento "mágico", no qual surge a idéia de que aquele dado objeto ou conceito poderia ser transformado numa dada direção. É um instante difícil de ser explicado e impossível de ser previsto ou buscado. É o momento da "Eureka", o instante no qual se faz uma correlação que antes não havíamos feito. É um fogo que faz a ligação entre dois metais que jamais se amalgamaram. É a centelha, a faísca do pressentimento do gênio e que também exite nas pessoas comuns. Não é impossível que muitas pessoas tenham estes instantes de criação e os desprezem, não lhe atribuem o devido valor. Não se pode, é verdade, fazer coisas especiais para que eles nos apareçam. Ma é indiscutível que eles só poderão aparecer para aqueles que estão se dedicando com afinco a uma dada atividade.

Este texto para mim é extremamente significativo. Quantas vezes olhamos para aquele pedaço de tecido ou para aquela peça crua, e falamos puxa vida, e agora....o que faço? Acho que isso não acontece somente comigo. Todos devem passar por esse processo de criação que é tão mágico ao meu ponto de vista. Às vezes, determinada peça fica em "stand bye" na prateleira...fica lá...vai ficando, e toda vez que passo por ela, dou uma olhadinha...até que surge...é o momento do estalo, da direção, do que nós chamamos de Eureka. A partir daí, tudo parece muito simples, é só executar, finalizar e pronto! A peça poderá seguir o seu caminho.
Me lembro que na época da Faculdade, no último ano tínhamos que apresentar o TCC, então, montamos uma "Agência de Publicidade" em sala de aula, e o nosso grupo era composto por 4 pessoas, e um dos integrantes da nossa "Agência" nos deu a idéia de colocarmos o nome de "Eureka Comunicação". E era exatamente esta a idéia, a hora do momento "start"!! tempos que não voltam mais.....Mas os starts e as Eurekas continuam a todo vapor..Então como diz Flávio Gikovate..vamos nos dedicando afinco.

Um comentário:

Fernanda disse...

Olá Fabiane!
Como é difícil estes momentos de inércia criativa... mas a persistência e a paciência são caminhos interessantes!
Primeira vez que visito seu blog. É muito encantador, parabéns!!!
Bjs